Usando o syslog para guardar logs dos seus scripts

Um dos trem mais bão que existe no Linux são os logs do sistema. Sim, porque aquela parte do sistema consegue dar a nós que somos administradores de sistemas uma visão geral de tudo que está acontecendo em nossos servidores, desktops etc.

Tudo bem que quem adotou completamente sistemas que tem o systemd podem estar passando um pouquinho de aperto e é uma coisa que nós aqui no blog em breve tentaremos ajudar com alguns tutoriais sobre isto.

Mas aqueles sistemas onde o syslog ainda reina firme e forte este tipo de ação pode lhe ajudar para caramba.

Imagine que você tem um serviço que possui algum bug ( e que não tenho como resolver ) e precisa ser reiniciado de tempo em tempo. Você criou um script do seguinte modo :

<p>
  &nbsp;
</p>

<p>
  Com toda certeza o código acima resolve todos os seus problemas em relação a ter o serviço rodando sem problemas. Mas você perde logs para saber quando ele reiniciou e o porque não é ?
</p>

<p>
  Então para isto você pode usar o logger. A sintaxe dele é bem tranquila, conforme você pode ver abaixo .
</p>

<div class="noticeboxesde bluenoticebox">
  logger Sistema sistema parou porque há algum erro
</div>

<p>
  Ou seja, com este comando o seu /var/log/messages ou /var/log/syslog passará a ter um log toda vez que seu sistema parar.
</p>

<p>
  E como adicionar isto ali, no seu script ?
</p>

<p>
  Vamos lá adicionar então.
</p>

<div class="noticeboxesde bluenoticebox">
  <br /> #!/bin/bash<br /> if [ $(pgrep sistema | wc -l) -eq 0 ];<br /> then<br /> /usr/sbin/service mysql start;<br /> /usr/bin/logger &#8220;$0 &#8211; Sistema foi reiniciado&#8221;<br /> else<br /> /usr/bin/logger &#8220;$0 &#8211; Sistema  ok &#8221;<br /> fi</p> 
  
  <p>
    </div> 
    
    <p>
      Não vou entrar em detalhes aqui mas dá para melhorar um pouco este script para ele fazer um pouco mais de coisas.
    </p>
    
    <p>
      Mas, pelo menos agora você já sabe como logar seus scripts shell, python e qualquer coisa que quiser lá no seu syslog tornando a gestão destes registros muito, mas muito mais interessante.
    </p>
    
    <div style="font-size: 0px; height: 0px; line-height: 0px; margin: 0; padding: 0; clear: both;">
    </div>
comments powered by Disqus